Homem é preso em ação da PF contra exploração de madeira na terra indígena Roosevelt em RO

Um homem foi preso por porte ilegal de arma de fogo nesta semana durante a Operação Pertinácia, da Polícia Federal (PF), que combate exploração de madeira na Terra Indígena Roosevelt, em Rondônia. Segundo as investigações, o esquema criminoso tem participação de lideranças indígenas, que cobravam pelas cargas retiradas.

Toras de madeira e maquinários foram encontrados na terra indígena Roosevelt, em Rondônia. — Foto: PF/Divulgação

A ação ocorreu em parceria com equipes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Os trabalhos começaram a ser planejados depois do recebimento de uma denúncia, em setembro deste ano, sobre dezenas de caminhões que estariam transportando toras da reserva para madeireiras em Espigão D’Oeste e cidades vizinhas.

Operação Pertinácia ocorreu nesta semana na terra indígena Roosevel, em Rondônia. — Foto: PF/Divulgação

Ainda durante a operação, os policiais e o Ibama encontraram e apreenderam caminhões e maquinários. O prejuízo direto no patrimônio dos investigados foi estimado em mais de R$ 1,5 milhão.

Maquinários e caminhões foram apreendidos na terra indígena Roosevelt, em Rondônia. — Foto: PF/Divulgação

Segundo a PF, o termo “pertinácia” faz alusão a esse tipo de crime em terras indígenas.

Fonte: G1 RO

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA