Amarok Day: Mazzutti Veículos proporciona “Experiência Amarok” no interior de Rondônia

SAMSUNG CAMERA PICTURES

O dia 27 de outubro foi marcado em Cacoal pelo Amarok Day, que reuniu os proprietários do veículo e suas famílias em um dia totalmente voltado para a exploração dos limites da pick-up Amarok. O evento integra uma programação nacional e na “Capital do Café” a experiência foi proporcionada pela Mazzutti Veículos – Concessionária Volkswagen para Cacoal e Região. Ao todo, 48 camionetes Amarok participaram deste dia especial, reunindo aproximadamente 150 pessoas, entre famílias e amigos, de Cacoal, Pimenta Bueno, Rolim de Moura e Espigão D’Oeste

“Esse é um evento que surgiu da idéia de reunir os proprietários, que são apaixonados pela Amarok. É um dia que possibilita a troca de experiências, informações e oportuniza aos proprietários a chance de tirar qualquer dúvida sobre a Amarok. Trouxemos aqui hoje, o popular João Amarok, um consultor da Volkswagen, especialista em Amarok, de grande prestígio e de muito conhecimento. A idéia é que os proprietários tirem suas dúvidas, descubram ainda mais sobre o potencial da sua Amarok com um cara que é especialista no assunto”, destaca Cesar Mazzutti, proprietário da Concessionária Mazzutti Veículos.

Seja nos Circuitos On – Road e Off – Road, ou em um bate papo especial com João Amarok, o Amarok Day proporcionou além de muitas descobertas, a interação entre os proprietários do veículo, suas famílias e toda a equipe da Concessionária Mazzutti.

Foi realmente o “Dia da Amarok” que teve início às 8h da manhã, em frente às concessionárias de Cacoal, Pimenta Bueno e Rolim de Moura, de onde partiram as 48 camionetes Amarok, participantes do evento. Todas elas se encontraram no meio do trajeto, no município de Nova Estrela, entre Pimenta Bueno, Rolim de Moura e Cacoal, de onde seguiram até o Balneário Lago dos Sonhos, para um coffee break. De lá, todos partiram para o circuito Off – Road.  Durante os vários quilômetros do percurso, as camionetes Amarok seguiram para o prestigiado hotel de selva, Cacoal Selva Park Hotel, referência no turismo rondoniense.

No ponto de chegada, uma pista Off- Road já estava especialmente preparada para que os proprietários pudessem testar todos os limites da Amarok. Aliás, todo o ambiente estava devidamente organizado para receber os aventureiros, com diversas ações preparadas para que cada um deles vivenciasse uma verdadeira experiência Amarok.

“Esse evento foi preparado com todo o carinho para garantir um dia especial para os nossos clientes, proprietários de Amarok. Infelizmente, nem todos puderam vir, mas conseguimos reunir 48 famílias e amigos para esse dia especial. Mas o que nos deixa mais feliz é ver a satisfação dos nossos clientes, seja quanto à segurança da Amarok, à força, a robustez do veículo e ao conforto. Isso nos deixa satisfeitos, pois estamos colocando no mercado uma camionete que não só atende, mas supera a expectativa de todos”, ressalta Cesar Mazzutti, proprietário da concessionária Volkswagen.

Entre os proprietários de Amarok que fizeram questão de participar do Amarok Day está o empresário Agnaldo Hypolit, de Pimenta Bueno. Apaixonado pelo veículo, Agnaldo destaca as qualidades de sua Amarok. “É um carro incrível. Nós nos sentimos seguros dentro dele. Tem uma estabilidade impressionante, é muito confortável e quanto mais a gente exige da Amarok, mas potencia ela mostra que tem”, reforça.

Outro que faz questão de elencar as qualidades do veículo é o empresário Romeu Moreira, de Cacoal. “A Amarok era um sonho, quando eu vi a primeira andando pelas ruas de Cacoal, eu já sabia que era o carro que eu queria pra mim. E hoje estou muito satisfeito, é uma camionete que te traz muita segurança, é um carro forte, robusto e que tem detalhes que fazem a diferença”, enfatiza Romeu.

Pista Off – Road

Foi no destino final do evento, que a verdadeira experiência Amarok teve início. Uma pista Off – Road foi montada, com os mais diversos obstáculos. Tudo isso para demonstrar aos proprietários, toda a tecnologia da Amarok.

Na oportunidade, os motoristas tiveram a oportunidade de dirigir no circuito, tendo ao lado o consultor técnico contratado pela fábrica da Volkswagen e especialista em Amarok, João Amarok. Como narra o especialista, na pista, os proprietários tiveram a chance de vivenciar as tecnologias disponíveis em seu veículo.

“Na pista a gente pode demonstrar, por exemplo, o auxílio de subida! Quando você para numa ladeira, tira o pé, você tem três segundos para fazer a rampa, que a camionete não volta. Acima de 9 graus, você tem o auxílio de decida, você aperta um botão na Amarok e em ponto morto ela desce sozinha, freando e sem escorregar. São tecnologias que os motoristas não estão acostumados, mas entrou no barro, areia, lama, grama, terra, pedra, mato, você aperta o botão, e a Amarok vai brecar (frear) e não vai arrastar. É um mesmo botão, com diversas tecnologias”.

Na sequencia da pista, as experienciais continuaram e João Amarok detalhou todas as etapas. “Depois temos também no circuito a caixa de ovos, onde testamos a inclinação lateral. Patinou, o freio ABS vai pinçar e transferir o tork para outra roda. O barulho que faz dentro da pick-up é a pastilha de freio. Então a gente explica pro cliente que é uma tecnologia atuando, que não é defeito. Às vezes o cliente ouve o barulho, acha que é um problema, mas é a tecnologia da Amarok atuando. E ela vai cruzar as rodas, vai patinar a dianteira direita e a traseira esquerda. Então ela cruza a informação e sai, chama-se bloqueio eletrônico do diferencial”, explica João Amarok.

Dando continuidade no circuito, o consultor técnico e especialista explica novos detalhes da camionete. “Depois temos um X na pista, onde a Amarok vai cruzar a roda e o bloqueio diferencial traseiro, para demonstrar que ela gira igual um trator. Ela sai de qualquer situação igual um trator, por isso a Amarok é muito usada nas fazendas. E depois temos na pista a inclinação lateral. Toda pick-up suporta 45 graus de inclinação lateral e a Amarok suporta 49.7, ela tem uma maior inclinação e aí entra também o conforto, porque o feixe de mola não é embaixo do chassi é pra fora do chassi, então não bate seco, não tem aquela pancada seca. Então a Amarok tem a maior aderência lateral, maior inclinação e aliados ao maior conforto. Você inclinar bem mais do que outras pick-ups e você não capota, por causa do feixe de mola, que é para fora do chassi”, detalhou João Amarok.

Primeiro a percorrer o trajeto montado na pista Off- Road, o médico Felipe Freire, de Pimenta Bueno, apenas confirmou todo o potencial da sua Amarok. “Essa foi uma experiência muito boa que a Mazzutti está proporcionando. Às vezes o cliente adquire uma camionete, mas desconhece o quanto ela tem de recursos, o quanto ela pode ajudar no dia a dia, principalmente na nossa região, onde muitas pessoas utilizam estradas de terra e precisam de um veículo para situações adversas. Aqui hoje a gente está testando todos os limites da Amarok e estamos tendo ainda mais certeza de que a Amarok é uma camionete tanto para o meio rural, quanto para o meio urbano. É uma camionete muito estável, ótima de rodovia e tem uma alta performance, tem muitos recursos e tecnologia, agrega todos os atributos que um veículo tem que ter. Então eu posso dizer que a Amarok está num tripé de estabilidade, conforto e performance”, enalteceu Felipe.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA