Mais de 200 pessoas participam do Dia especial sobre a cultura do Maracujá em Rolim de Moura

A prefeitura de Rolim de Moura, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura (Semagri) organizou na semana passada, o Dia especial sobre a cultura do Maracujazeiro. O evento atraiu diversas pessoas, produtores, acadêmicos e profissionais da área. O dia especial teve a participação de aproximadamente 200 pessoas, que foram ao encontro com intuito aprender sobre essa importante atividade.

O dia especial sobre a cultura do maracujá ocorreu no dia (25/10), na propriedade do produtor Aparecido Marino, linha 172, km 14, lado sul e contou com a parceria da UNIR, na qual disponibilizou os professores: Emanuel Maia, Vando Miossi e Dalza Gomes. No evento os profissionais da Unir abordaram e esclareceram os seguintes temas: “Tratos Culturais do Maracujazeiro”. “Pragas e Forma de Controle”. “Doenças e forma de Controle”.

O Secretário municipal de agricultura, Dionísio Pereira Braga, “Goiaba”, falou sobre “Viabilidade Econômica”, ressaltando que é positivo investir na cultura do maracujá amarelo.

O técnico agrícola da Semagri, Wallisson Milard Pessôa afirmou que todos os palestrantes contribuiram para o treinamento do produtor, que é quem se dedica em produzir para abastecer os mercados e gerar renda para sua família.

O prefeito Luiz Ademir Schock destacou que a prefeitura de Rolim de Moura tem dado amplo apoio aos produtores e incentivado a agricultura familiar oferecendo assistência técnica e informações aos agricultores.

A secretaria de agricultura destacou que há vários produtores de Maracajá Amarelo em Rolim de Moura, pois é uma cultura que pode ser feita de forma simples, oferece um retorno de renda satisfatório e pode se plantar média de mil pés por hectare.

No evento os profissionais da Unir abordaram e esclareceram os seguintes temas: “Tratos Culturais do Maracujazeiro”. “Pragas e Forma de Controle”. “Doenças e forma de Controle”.

O Secretário municipal de agricultura, Dionísio Pereira Braga, “Goiaba”, falando sobre “Viabilidade Econômica”, ressaltando que é positivo investir na cultura do maracujá amarelo.

O encontro foi realizado pela prefeitura de Rolim de Moura, por meio da Semagri e contou com apoio da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) Campus de Rolim de Moura, Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) e Químicos MN.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA