Preço da Carne de frango sobe menos que de outras proteínas

Os preços da carne de frango subiram ao longo deste mês mas ainda estão abaixo dos registrados em março, segundo o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). Já as proteínas bovina e suína se valorizaram, o que aumentou a competitividade da carne de frango.

Aaaaa 1

Em abril (até o dia 28), o preço médio do frango resfriado comercializado no atacado da Grande São Paulo estava R$ 14,47 por quilo abaixo da carcaça casada bovina. “Essa diferença é 6,2% maior que a registrada em março e ainda 45,5% acima da observada em abril/20”, disse o Cepea.

Em relação à carcaça especial suína, o frango resfriado está R$ 4,49kg mais barato, diferença 19,6% maior que a observada em março e 86,2% acima da de abril/20.

Preço da Carne de frango sobe menos que de outras proteínas

Conforme o Cepea, neste mês, o frango inteiro resfriado negociado no atacado da Grande São Paulo apresenta média de R$ 5,87/kg, queda de 3,1% na comparação com a de março. “Mesmo com a melhora na liquidez, alguns compradores de carne ainda evitam fazer grandes estoques, incertos quanto a possíveis novas medidas restritivas”, avalia. Para a carne bovina, o valor médio da carcaça casada registra avanço de 3,3% de março para abril, a R$ 20,34/kg.

“A sustentação vem da oferta restrita de boi gordo pronto para o abate e das exportações aquecidas da carne, fatores que mantêm baixo o volume de proteína disponível no mercado brasileiro.”

A carcaça suína registra média de R$ 10,36/kg em abril, elevação de 5,6% ante o mês anterior. As temperaturas mais amenas, que estimulam o consumo, o intenso ritmo de embarques, e o repasse dos custos de produção têm alavancado os preços da carne suína neste mês, disse o Cepea.

Fonte: Estadão conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui