Projeto de Lei do deputado Cirone Deiró garante a realização do teste do olhinho nos recém-nascidos em maternidades e hospitais

Projeto aprovado inclui o teste do olhinho na triagem neonatal a ser realizado ainda na maternidade e busca contribuir com o diagnóstico precoce de doenças que provocam problema na visão

Um exame simples indolor denominado teste do olhinho realizado nos recém-nascidos ainda na maternidade pode diagnosticar precocemente graus severos de miopia, hipermetropia ou estrabismo, entre outras doenças oculares que podem comprometer a visão e o desenvolvimento do recém-nascido. A proposta de autoria do deputado Cirone Deiró foi aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa por meio do Projeto de Lei 1.466/21. A iniciativa atende reivindicação apresentada pelo jornalista Paulo Mendes. Cirone Deiró defendeu que o teste do olhinho passe a integrar os exames da triagem neonatal do recém-nascido.

De acordo com o deputado Cirone Deiró, essa é uma antiga reivindicação das mães, especialmente aquelas que recebem tardiamente o diagnóstico de problemas na visão dos seus filhos. “Conheço mães que só descobriram deficiência visual dos filhos já na fase escolar, fato que compromete de forma significativa o desempenho da criança na primeira infância. Peço ao governador Marcos Rocha que sancione esse projeto de lei sem vetos como forma de a partir de agora, assegurar as mães a realização do teste do olhinho ainda na maternidade,” registrou.

Especialistas alertam que o teste do olhinho pode ser realizado por um pediatra, mas se alguma alteração foi identificada, o bebê deve ser encaminhado para o oftalmologista para a realização de exames mais específicos. Os recém-nascidos prematuros o teste pode contribuir para diagnosticar o risco da retinopatia da prematuridade, principal causa da cegueira infantil na América Latina. “Dados demonstram que pelo menos 60% das causas de cegueira ou de grave sequela visual infantil podem ser prevenidos ou tratáveis se fossem detectadas precocemente, antes de se agravarem. Daí a importância do teste do olhinho,” alertou o parlamentar.

Cirone Deiró aproveitou para agradecer o jornalista Paulo Mendes pela sugestão apresentada e informou que os rondonienses podem trazer-lhes sugestões de projetos, indicações ou reivindicações por meio das suas redes sociais e também do site https://www.deputadocirone.com/ ou ainda pelo WhatsApp 69 99982-1877.  “Nosso trabalho na Assembleia Legislativa tem sido marcado por essa proximidade com a população por meio dos canais de comunicação para que as pessoas possam enviar suas demandas e receber informações sobre os nossos projetos e ações que estão beneficiando toda a sociedade,” explicou.

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui